Obscurantimso perde uma

O Supremo votou ontem e decidiu liberar as pesquisas com células tronco. Dessa vez o obscurantismo perdeu, ainda bem. Em vez de tentar salvar coisas que não podem ser vida, que seriam descartados de qualquer maneira, melhor salvar vidas que existem e que precisam das pesquisas para curar pessoas de males terríveis como a distrofia muscular progressiva, a paralisia cerebral, mal de Parkinson, diabetes, paralisia por trauma em nervo da coluna, torcer pelo Sport ou pelo Naútico (pode não ter cura mas a esperança agora é maior).
 
Ridículo  o pastor (?) deputado (?) tabacudo (!)  Mateus Satler da frente parlamentar evangélica que disse que não vai se "dobrar". Acho que ele não entende que num estado laico o que importa é a lei dos homens e não dos deuses.
 
Mas a gréia mesmo foi a da Ministra: "Sinto-me congelada como uma célula-tronco. Não sei se vou ser aproveitada ou descartada mas alguém baixa essa ar-condicionado".
 
Gozado que o placar foi apertado, 6 a 5, o que significa que o obscurantismo continua rondando. Uma batalha perdida por eles mas podem ganhar outras no futuro. O preço do avanço da sociedade é a constante vigilãncia contra as açòes regulatórias das mentes obtusas.
 
Para quem quer saber mais sobre células-tronco, eis um pequeno vídeo  que fornece uma introdução ao tema.
 

Comente aqui ou faça uma pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s